Skip to main content
Article
Psicopatologia e Poder. Uma Lição de "Mentes Perigosas"
As Artes entre as Letras (2011)
  • Paulo Ferreira da Cunha, Universidade do Porto
Abstract
Por vezes, incomoda-se até ao insuportável o cidadão, ou o trabalhador, ou o morador comum, com as atitudes de um político, de um patrão ou de um capataz, ou mesmo de um colega, de um autarca, enfim, de uma autoridade ou de um agente da autoridade. Primeiro, são comportamentos suaves e calculistas antes de obter o poder e, uma vez com ele, passam a ver-se práticas autoritariamente aberrantes, despóticas, e até criminosas. Analisamos muitas vezes essas práticas como "mau feitio", "má disposição", e, se formos magnânimos, como o preço da eficiência. Mas em que medida o "mau carácter" não é fruto de uma afecção mental profunda e eventualmente incurável? A leitura do livro da psiquiatra Ana Beatriz Barbosa Silva, "Mentes Perigosas" deixa-nos inquietos não só quanto à vulnerabilidade de cargos de mando às estratégias de psicopatas, como à questão da (ir)recuperação social de muitos criminosos que o seriam... A meditar e a aprofundar.
Keywords
  • Poder,
  • Psicopatologia,
  • "Mentes Perigosas",
  • Ana Beatriz Barbosa Silva,
  • crime,
  • psicopata,
  • organizações,
  • recursos humanos
Publication Date
October 12, 2011
Citation Information
Paulo Ferreira da Cunha. "Psicopatologia e Poder. Uma Lição de "Mentes Perigosas"" As Artes entre as Letras Iss. n.º 60 (2011)
Available at: http://0-works.bepress.com.library.simmons.edu/pfc/117/